Sapato de segurança masculino

Sapato de segurança masculino Botinas e sapatos de segurança Calçado de segurança para serviços gerais
Estas imagens foram obtidas de bancos de imagens públicas e disponível livremente na internet

SAPATO DE SEGURANÇA MASCULINO: VANTAGENS E FORMAS DE USO

Existem diversas exigências para as empresas seguirem ainda mais quando se trata de segurança, por isso, é necessário que equipamentos e medidas de proteção a situações de risco sejam praticadas durante a operação da atividades. Para evitar e diminuir os riscos de acidentes é necessário o uso de equipamento de proteção individual (EPI), esses itens são fundamentais para que as atividades sejam praticadas em uma empresa.

O Sapato de segurança masculino e feminino faz parte dessas medidas de proteção e são disponibilizados pelas empresas gratuitamente aos seus funcionários para que realizem suas funções de trabalho. Esse item específico tem como função oferecer maior proteção aos pés a fim de evitar que sofra desconfortos ou que esteja exposto a riscos especialmente durante o expediente de trabalho.

Seu uso é indispensável para operações em fábricas, industriais, metalúrgicas, construções de forma geral e diversos outros locais de trabalho que expõe o colaborador a determinado risco. O sapato de segurança masculino tem como objetivo proteger os pés de possíveis risco como contaminações por bactérias, fungos, vírus, entre outros, situações como pisos úmidos, objetos cortantes, entre inúmeras outras situações de risco que podemos estar expostos.

Além do risco na operação de máquinas, os colaboradores podem estar expostos a substâncias tóxicas, perfurações, choque elétrico, animais perigosos entre outras exposições que depende do ambiente de trabalho. O sapato de segurança masculino tem capacidade para proteger a esses tipos de exposição e trazer maior segurança.

TIPOS DE RISCO NO AMBIENTE DE TRABALHO

O ministério do trabalho classifica alguns riscos comuns durante o expediente a fim de levantar alguns fatores que podem ser prejudiciais a saúde dos funcionários e ocasionar em acidentes. Veja abaixo como funciona essa classificação:

  • Ergonômicos: quando longas horas de trabalho prejudicam a saúde e podem provocar estresse e ansiedade, entre outros sintomas;
  • Biológicos: pode ocorrer contaminação e infecções por microorganismos como fungos e bactérias;
  • Químicos: são produtos químicos que podem cus toxicação;
  • Ambiente: ocorre quando o ambiente não oferece as condições básicas de uso e segurança e pode provocar acidentes de trabalho.

Os acidentes acontecem dentro das classificações mencionadas acima, por isso, é importante analisar cada uma delas, a fim de prevenir possíveis riscos e oferecer melhores condições de trabalho.

QUAIS SÃO OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO ?

São equipamentos com o objetivo de proteger e garantir a integridade física dos colaboradores enquanto estiverem em suas funções na operação de máquinas ou execução de atividades. É necessário que os equipamentos sejam distribuídos e oferecidos pelas organizações gratuitamente, pois é um dever estabelecido.

Além dos equipamentos para proteção individual, existe também os equipamentos de proteção coletiva, que são utilizados de forma coletiva para uma equipe de colaboradores, são eles: ventilação, equipamentos de segurança, sinalizações, entre outros métodos de proteção para o local.

É necessário que as empresas distribuam os itens de segurança como o sapato de segurança masculino para os colaboradores a fim de oferecer um ambiente melhor de trabalho. Além desse item existem outros a serem disponibilizados como os protetores auriculares, óculo,s luvas, máscaras, cintos e outros. Os tipos de equipamentos de segurança vão depender do tipo de operação e atividade.

QUAIS SÃO AS EXIGÊNCIAS A SEREM CUMPRIDAS?

Os parâmetros para equipamentos de incêndio são estabelecidas pela normativa 6 que impõe algumas obrigações a serem cumpridas pelas empresas e pelos empregados. A norma estabelece que as organizações forneçam esses materiais gratuitamente aos colaboradores, além disso, é necessário manter as condições básicas do ambiente.

É importante também que os colaboradores sejam treinados a conduzir as máquinas e a utilizar os equipamentos de segurança. Além dos itens de segurança individual também existem os de segurança coletiva e as condições físicas do próprio ambiente.

O trabalhador também tem obrigações de acordo com a norma, pois é dever manter o itens em boas condições tendo alguns cuidados no uso. É preciso que o colaborador se compromete em utilizar os itens, pois não adianta a empresa disponibilizar e fiscalizar e na ausência da fiscalização não usar os itens.

Trata-se de uma obrigação que os itens de incêndio como o sapato de segurança masculino seja utilizado durante a jornada completa de trabalho, pois são muito eficientes para prevenir situações de risco, além de oferecer um ambiente mais agradável aos funcionários.

TIPOS DE CALÇADOS DE SEGURANÇA

O modelo de calçado vai variar de acordo com a atividade executada, por isso é preciso que o sapato de segurança masculino tenha algumas características. Veja abaixo alguns tipos de sapatos que podem ser usados:

SAPATOS DE SEGURANÇA

Sapatos de Segurança

O sapato de segurança masculino é um item de segurança, pois protege os pés de acidentes e a exposição a situações de risco a fatores externos que podem prejudicar esse membro. É fundamental que esse item seja altamente seguro e fabricado com um material resistente e de boa qualidade, seguindo essas características é possível oferecer maior proteção aos pés.

Esse item impede que os pés tenham contato com substâncias tóxicas, líquidos contaminados, animais, objetos cortantes, eletricidade, entre outras ocorrências que podem acontecer. É preciso que a qualidade do calçado seja boa, pois será utilizado em muitas horas do dia e por isso precisa ser confortável.

O sapato de segurança masculino é formado por cabedal, biqueira e solado, podendo ter cadarços ou não. O cabedal é a maior parte de todo o calçado e a parte que oferece maior proteção aos pés, trata-se de toda a estrutura. A biqueira é composta por aço e é o material mais resistente do calçado impedindo que objetos cortantes entrem em contato com os pés.

O solado também tem função fundamental na composição do sapato, é uma parte essencial, pois protege o e é um elemento fundamental para o conforto. Geralmente é formado por PVC ou poliuretano.

O uso desse material é mais comum em fábricas, empresas, indústrias e locais que oferecem mais riscos a saúde. É necessário que esse item seja aprovado e acompanhado de uma certificação, conhecida como CA. Esse documento garante que o material tem resistência e qualidade para ser utilizado. O Ministério do Trabalho exige que os itens de segurança de forma geral, seja equipamento ou de proteção, é imprescindível que tenha a aprovação.

É importante que o fabricante considere todas as exigências de fabricação para que consiga obter a certificação e oferecer maior qualidade para os clientes e maior segurança em suas formas de uso. Ao comprar um material de segurança é essencial verificar se o material atende as exigências e se possui aprovação para uso.

Sapato convencional

É composto pelo material do couro, elástico e cadarço, possui um modelo muito parecido com as botas de uso convencional, porém existem algumas características diferentes e também trata-se de modelos mais resistentes voltado a jornada de trabalho em locais mais propícios a perigos.

É importante atenção para a armazenagem do sapato de segurança masculino e alguns cuidados básicos para prolongar a durabilidade desse item. Os próprios colaboradores podem ter esses cuidados em seu dia a dia.

SAPATO DE PVC

Esse material é menos resistente que o convencional, mas devido ser impermeável é muito eficiente e protege os pés de substâncias contaminadas, como esgoto, lama e outros líquidos que podem causar infecções. Devido essa funcionalidade é possível oferecer maior proteção.

Devido a impermeabilidade do material é possível oferecer maior proteção contra microorganismos como bactérias e fungos que podem estar presentes nesses líquidos e que podem entrar em contato através de aberturas no solado ou se o sapato não for impermeável, com isso, absorver o líquido externo com facilidade expondo esse membro.

Outra possibilidade que oferece mais proteção são o sapato de cano médio e longo que protege parte das pernas e oferece menos risco de contaminação as substâncias contagiosas. O modelo desse item é opcional, existe uma variedade de formas, tamanhos, materiais, qualidade e preços. Uma caracteristica muito relevante é que o sapato de segurança masculino é formado pelo policloreto de vinila que oferece maior durabilidade ao calçado.

Além da proteção contra elementos contagiosos, também é eficiente para evitar efeitos corrosivos, contato com animais que oferecem risco ou objetos cortantes. O Solado também é um item muito importante e é composto por borracha, que proporciona maior conforto no uso e proteção quanto ao contato com o piso a fim de evitar acidentes.

A higienização também um fator muito importante para manter a qualidade do material e prolongar o uso contribuindo para a durabilidade e eficiência na proteção. É necessário entender a importância desse item de proteção e de muitos outros, pois são responsáveis por evitar acidentes e doenças de trabalho, com isso, o resultado é muito melhor.

Além da higiene ser necessária para manter a qualidade e durabilidade, trata-se também de uma questão individual, a fim de evitar a criação de micoses. É importante usar meias de algodão, pois absorvem melhor o suor dos pés e são mais confortáveis para serem usadas em longo período de uso. Alternar o uso de sapato também é muito importante, pois manter o calçado mais arejado.

São muitas as observações para pensar ao comprar esse material, pois é necessário verificar se há garantia de qualidade, verificar qual a numeração correta, e conferir visualmente se o material está em perfeito estado. É fundamental que essas observações sejam feitas antes de comprar o produto.

CUIDADOS NECESSÁRIOS

Os equipamentos de segurança são fundamentais para oferecer maior proteção aos colaboradores enquanto estão exercendo suas atividades, especialmente quando operam máquinas, para garantir e prevenir riscos é de extrema importância que as empresas disponibilizem esses materiais assim que a contratação do colaborador for efetuada, e em paralelo os colaboradores devem manter esses itens em boas condições.

Algumas práticas simples podem ser feitas para manter o sapato de segurança masculino em boas condições do sapato mantendo-o limpo para utilização. Veja abaixo alguns cuidados indispensáveis para esse item:

Higienização é fundamental

A conservação do sapato de segurança masculino é feita por hábitos simples do dia a dia, o ideal é que o próprio funcionário cuide desse item para que tenha maior durabilidade e um dos cuidados é evitar que esse material entre em contato com a água, pois pode desfavorecer sua composição com o descolamento das partes ou desgastes.

Q

uando exposto a umidade fica mais vulnerável a proliferação de microorganismos como as bacterias e fungos, que são muito prejudiciais aos pés. Por isso, além dos cuidados na fabricação também são necessários cuidados na utilização do sapato de segurança masculino. Para os calçados em couro, é possível usar graxa para que possua maior durabilidade e o mantenha em boas condições.

Como seu uso é feito diariamente e em grande frequência, o ideal é que o funcionário possua dois pares para que possa intercalar o uso, com isso, é possível fazer com que o material dure mais tempo e tenha melhores condições de uso. A utilização de meias de algodão também é um ponto muito importante, pois consegue absorver melhor o suor e oferecem maior conforto no uso.

O armazenamento é importante

O sapato de segurança masculino deve ser armazenado em locais onde não tenha exposição a umidade, pois esses fatores líquidos podem prejudicar o material e para que tenha maior duração de uso é importante que seja guardado em um local seguro.

É necessário estar atento a qualidade do sapato de segurança masculino, pois caso seja observado que o material perde sua eficiência na proteção, o ideal é que seja substituído por um novo imediatamente e assim evitar que os pés fiquem expostos a possíveis riscos.

É imprescindível que os materiais e itens de segurança sejam utilizados enquanto os funcionários estão exercendo suas atividades na organização, pois os acidentes não são tão previsíveis e por isso é importante utilizar as medidas de proteção em todo o tempo para evitar que o funcionário seja pego de surpresa por uma situação de risco inesperada e que principalmente poderia ser evitada ou protegida causando menor impacto negativo.

As exigencias das normativas de segurança devem ser seguidas a risca para oferecer maior segurança aos colaboradores e menores prejuízos às empresas, com isso, é possível estabelecer um ambiente de trabalho mais seguro e satisfatório.


produtos e serviços relacionados

  • Vestimenta eletricista classe 4

    Vestimenta eletricista classe 4

    A profissão de eletricista apresenta muitas riscos. Correntes elétricas, arcos elétricos e até mesmo chamas são apenas alguns dos perigos que tais profissionais encontram em seu dia a dia. Por esse...

  • Uniforme para eletricista nr10

    Uniforme para eletricista nr10

    Por estar diretamente relacionado ao contato com alta tensão elétrica, o trabalho do eletricista exige bastante cuidado no que diz respeito à segurança do profissional. Desse modo, é fundamental q...

  • Uniforme nr10 preço

    Uniforme nr10 preço

    Além da importância na identificação e padronização, o Uniforme nr10 preço tem como principal função proteger o eletricista que o utiliza, pois ele está o tempo todo exposto a ris...

Regiões onde a Extrema Segurança atende Sapato de segurança masculino:

  • Selecione a região do Brasil

Regiões onde a Extrema Segurança atende Sapato de segurança masculino:

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe